Biografia

nk7

NAWANG KHECHOG é o mais renomado flautista tibetano no mundo. Foi o primeiro tibetano a ser indicado ao Grammy e recebeu diversos prêmios nos EUA, Tibet e Índia, surgindo na cena musical internacional com suas composições autênticas e originais (solo e colaborativas). Ele almeja usar a música como um meio de inspirar a paz, a compaixão e uma consciência desperta.

Trata-se de um músico autodidata, cuja música surge espontaneamente de seu sentimento como um refugiado tibetano e de suas experiências viajando ao redor do mundo. Ele toca uma gama cosmopolita de instrumentos nativos, como a corneta longa tibetana, ocarinas dos mayas mexicanos, didjeridu dos aborígenes australianos e flautas tibetanas e indígenas, bem como tambores africanos e outros címbalos e sinos.

Seu último álbum, Tibetan Meditation Music (música tibetana para meditação) ficou semanas em 9º lugar na Billboard.

Busca combinar a beleza dos antigos sons rituais de seu país com a de outros de maneira apreciável para uma audiência moderna, unindo o arcaico e o novo em algo maior, sempre mirando para o esplendor da natureza como uma fonte contínua de inspiração.

Ele também realiza o etéreo e transcendental canto harmônico (overtone) tibetano e mongol. Inventou, ainda, a Corneta Universal, uma combinação da corneta longa tibetana, do didjeridu aborígene e do trombone americano.

Já tocou com grandes nomes como David Bowie, Kitaro, Phillip Glass, Michael Stipe (R.E.M.), Bono Vox (U2), Pearl Jam, Beastie Boys, Alanis Morissette, Sonic Youth, Moby, Dave Matthews Band, Herbie Hancock,, Tracy Chapman, Bjork, Sean Lennon e Jewel.

Também participou como diretor assistente e ator coadjuvante do filme Sete Anos no Tibet, sendo um dos filmes cuja trilha sonora leva sua música, o que levou a tornar-se amigo de grandes artistas como Brad Pitt, Richard Gere, Wynona Rider e Harrison Ford, Allen Ginsberg, entre outros.

Nawang já produziu oito álbuns solo e co-produziu quatro álbuns com nomes como Kitaro, Peter Kater, Carlos Nakai (o mais proeminente flautista Nativo Norte-Americano) e com William Eaton, um dos maiores designers e luthiers de guitarras únicas, bem como Will Clipman, um grande percussionista. Também participou com destaque em diversos eventos musicais importantes e nos principais auditórios, como o Carnegie Hall, no Pentágono, galerias de arte importantes e diversas escolas.

Ele foi um monge durante 11 anos e estudou Budismo e meditação com Sua Santidade, o 14º Dalai Lama, bem como outros mestres tibetanos. Também viveu como eremita em cavernas nos Himalayas por diversos anos sob a orientação direta de S.S. Dalai Lama.

Khechog participou, ainda, da Mesa de Conselheiros da Peacejam Foundation, organização fundada por doze ganhadores do Prêmio Nobel e dedicada à educação da juventude e à preservação dos grandes valores humanos.

Anúncios